No dia 13 de fevereiro de 2016, uma equipe mista do Clube de Canoagem Canoa Bahia planejou e executou a  remada por toda a  extensão da Ilha de Itaparica, arquipélago que abriga os municípios de  Itaparica e Vera Cruz na Bahia.

Após aproximadamente 9h de remada a equipe composta por duas mulheres e quatro homens, completaram a circunavegação da ilha, depois de remarem os 80km do percurso sem revezamento.

Com o intuito de viabilizar que outros remadores pudessem passar pela mesma experiência, o Canoa Bahia, apostou em uma formatação de campeonato já consagrado no Brasil e no mundo e decidiu que iria colocar em prática um anseio que datava de 2012, ano em que o idealizador do Clube, Hamã Oliveira,  teve oportunidade de liderar a 1ª equipe baiana à participar da então X Volta à Ilha de Santo Amaro 75km- Santos –SP. Após retornar a Salvador, ele resolveu empreender no mundo da canoagem Polinésia /Havaiana /Va’a e colocou como meta principal, realizar um campeonato similar na Ilha de Itaparica, maior arquipélago da Baía de Todos que é a segunda maior baía do mundo.

Dessa forma no dia 06 de agosto de 2016, o Clube de Canoagem Canoa Bahia tirou do papel seus planos, e realizou a I VOLTA À ILHA DE ITAPARICA (VITA) – 80Km, prova que se tornou a maior do mundo em distâncias remadas em um  único dia com revezamento de 9 remadores, proporcionando que outros atletas da mesma modalidade pudessem compartilhar da maravilhosa sensação de completar a circunavegação da maior Ilha da Baía de Todos os Santos.


A largada acontece na Praia do Forte de São Lourenço, local onde esta situada a fortificação que leva o mesmo nome, construída no período de ocupação Holandesa, no município de Itaparica.

Os atletas remam os 44 km da costa da Ilha em direção a praia de Caixa Pregos, onde contornam a foz do rio Jaquaripe, passando a encarar a contra costa, com mais 36km de rio, mangues e mar, imersos na vegetação predominante de restinga.


A prova acontece no formato de revezamento, onde cada equipe deve ser composta de no mínimo 6 e no máximo 9 componentes. As equipes que tem 9 remadores, 6 atletas ficam na canoa  e os outros  3 no barco de apoio, onde à critério de cada time todos revezam com a canoa em movimento.
O evento tem um número limitado de canoas permitidas, e o Canoa Bahia disponibiliza exemplares  para locação por equipes interessadas.


As categorias são: Masculina, feminina e mista , Open, Master 40 e Master 50, Clube  Open, Clube Master 40 e Clube Master 50.


Como forma de agraciar os participantes, todos que completam o percurso  recebem medalhas de participação e cada equipe um troféu, as três primeiras colocadas de cada categoria, podem receber alguma premiação à parte.


O evento é  muito focado no bem estar dos remadores e interação, a organização da prova disponibiliza antes da largada, mesas de frutas,  tenda de Hidratação com repositor eletrolítico, água e gelo.

O grande sucesso do campeonato é finalizado com a tradicional festa de premiação e confraternização, regada com muita música, bebidas em geral e alcóolicas, alegria e o espírito ALOHAXÉ da Bahia.
O Canoa Bahia organizador do evento aposta no fascínio dos remadores pela transparência das águas da costa da Ilha, assim como das belezas preservadas de sua contra costa como forma de fidelizar seus participantes.

Faça sua inscrição edição 2017

HISTÓRIA

RANKING

ANO

II VITA 

2017

Karamuru Race

Karamuru Hoe Race